terça-feira, 20 de setembro de 2011

A Palavra que Leva ao Silêncio — Um manual de meditação cristã

A Palavra que Leva ao Silêncio — Um manual de meditação cristã
John Main
Tradução de Artur Morão

ISBN: 978-989-97119-3-8; preço sem IVA: 9,43€ PVP: 10€; formato: 15×21cm; número de pp.: 112


Que os cristãos devem orar não é uma ideia nova. O repto verdadeiramente actual é que temos de recuperar um modo de oração profunda que nos encaminhará para a experiência da união, longe das distracções superficiais e da autocomiseração. As questões que hoje se levantam sempre ali existiram: Como é que oramos a este nível? Como aprenderemos a disciplina que isso implica? Como concentrar-nos a nós mesmos, de modo inteiramente natural, na mais profunda realidade da nossa fé? [da Introdução]

John Main (1926-1982): nasceu em Londres, no seio de uma família católica irlandesa. Diplomou-se em Direito no Trinity College. Inscreveu-se no Serviço Britânico dos Estrangeiros e foi colocado na Malásia, que se revelaria uma estação providencial. Aí contactou com as formas de meditação e oração orientais. No seu regresso tornou-se monge beneditino, na Abadia Beneditina de Ealing em Londres. O seu grande contributo foi recuperar e repropor a experiência contemplativa para as pessoas comuns dentro da tradição Cristã. Nos ensinamentos de João Cassiano (século IV) e dos Padres e Madres do Deserto, ele aprofundou o significado da chamada «oração pura» e compreendeu que esta forma de oração poderia facilitar a busca de uma vida espiritual mais profunda. Em 1977 foi convidado pelo Arcebispo de Montreal, Canadá, a fundar um pequeno Mosteiro Beneditino, dedicado à prática e ao ensino da Meditação Cristã.

Sem comentários:

Publicar um comentário